quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Capitulo 2 - Parte 1

Olá a todos!

Primeira parte do capitulo 2.
Espero que gostem. Obrigada pelos comentários.



- O que acha dele? - perguntou Tom.
- Prefiro guardar meu julgamento para mais tarde.
- Gostaria de esmurrar aquele nariz. - Tom disse por entre os dentes.
- Vamos sentar um pouco? - Demetria não queria que Tom fizesse um papelão expondo-se ao ridículo na frente de Camilla. Além disso, ele dançava muito mal.
- Sentar onde? - a sala estava superlotada.
- Por enquanto vamos arranjar um lugarzinho encostados na parede - ela sugeriu empurrando-o delicadamente.
- A música está alta demais. - reclamou Tom vasculhando a sala a cada segundo procurando Camilla.
Comunicar-se com ele já estava se tornando uma tarefa dificil. Parecia perdido dentro do seu sofrimento sem ter o que dizer de aproveitável.
- É um rock da pesada. - esclareceu Demetria.
Ele olhou para ela com o copo na mão.
- Bonita roupa.
- Obrigada.
Demetria começou a rezar para que ele não ficasse totalmente embriagado. Positivamente, não se sentia disposta a lidar com um homem naquelas condições.
- Sabe que você é uma linda moça? - Tom elogiou num tom quase agressivo - Muito bonita mesmo.
- Mais uma vez obrigada.
Pressentiu que ele ia se tornar inconveniente. No momento só estava fazendo os primeiros ensaios mas logo passaria dos limites. Camilla surgiu de repente ao lado deles e olhou para a irmã sem grande simpatia.
- Estão se divertindo?
A pergunta era maldosa mas Demetria sorriu amavelmente.
- Muito. É uma festa fabulosa. Estamos adorando.
- Sim, fabulosa. - Tom repetiu, esforçando-se para parecer sincero.
Camilla olhou-o  e sussurrou:
- Você não dançou comigo nem uma vez.
O pobre homem ficou vermelho e mudo de espanto.
- Agora dance comigo. - ela convidou fazendo beicinho.
Justiça seja feita. Tom tentou valentemente opor resistência. Ficou tenso e balbuciou:
- Ora...eu...bem...
Camilla abraçou-o colando o corpo ao dele.
Então é isso? Pensou Demetria. Era aquela maneira desinibida que tanto atraía Tom? Ele era tão tímido que o oposto devia causar-lhe um efeito demolidor.
- Então, não quer dançar comigo? - Camilla insistiu com um olhar encantador de serpentes.
Tom engoliu em seco e virou-se para Demetria como um afogado prestes a submergir.
Ela decidiu deixá-lo afundar, pois, aparentemente, não tinha forças para salvá-lo do naufrágio.
- Não se importe comigo.
- Não se importe com ela. - repetiu Camilla com uma doçura melosa e o arrastou para o meio da sala.

Pronto!

Comentem.

Beijos.

3 comentários:

  1. Será Niley ou Nelena então?

    ResponderEliminar
  2. está incrível,posta logooo!
    estou curiosa para ver o que vai acontecer!!!
    bjs...:)

    ResponderEliminar
  3. adorei.desculpa o atraso.
    posta logo!

    beijos.

    ResponderEliminar