sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Capitulo 3 - Parte 1

Olá a todos!
Obrigada pelos comentários.

Capitulo 3 - Parte 1



Numa manhã de verão um passeio ao Jardim Zoológico era um programa agradável mesmo que ela tivesse que carregar todos os apetrechos necessários ao seu trabalho. Precisava de uma garça como modelo. Fotografias não eram suficientes.
Demetria apressou o passo com uma sensação de bem-estar que não sabia explicar. Simplesmente tinha acordado assim, com uma enorme vontade de viver, que fazia com que tudo lhe parecesse novo e excitante.
A caminho do zoológico, ao atravessar uma rua de muito trânsito, por um triz não foi atropelada pelas rodas de um automóvel.
- Quase a peguei, hein? - gritou o motorista rindo mas com um dedo em riste, acusador.
- Tente amanhã de novo. - respondeu, devolvendo o sorriso, pois estava de tão bom humor que nada parecia atingi-la.
E foi com esse animo que entrou no parque em busca de sua garça. Quando a encontrou, numa das lagoas, fez uma série se esboços procurando reproduzir em todos os detalhes os movimentos da ave.
Estava terminando o trabalho quando viu um grupo de visitantes espanhois, com suas máquinas fotográficas. Demetria olhava para o grupo com vago interesse e reconheceu Joe Harris no meio deles, segurando duas crianças espanholas pela mão. Ficou pasma ao perceber que ele falava em espanhol e devia se fazer compreender muito bem, a julgar pelos risinhos que as crianças davam a cada frase que dizia.
Assim que a viu, Joe aproximou-se, ainda acompanhado das meninas. Deviam ter cinco e sete anos, calculou Demetria, e pareciam irmãs.
- O que está fazendo aqui? - perguntou, olhando primeiro para ela e depois para o cavalete de pintura.
- Trabalhando.
- Trabalhando? Você é uma artista plástica?
Demetria não gostou muito de seu exagerado tom de surpresa.
- Ilustro livros infantis.
- E seus trabalhos são publicados?
Demetria teve vontade de dar uma resposta malcriada mas disse apenas:
- Sim. - fez uma pausa e acrescentou, com orgulho: - E vendem bem.
- Que maravilha! - ele comentou, num tom sério, mas com um sorrisinho irónico.
Olhou-a de alto a baixo, parando na blusa de algodão fininha e sem alças que aderia aos seios pequenos e firmes. Demetria corou diante daquele exame atrevido. A última coisa que queria na vida dela era ser alvo das atenções de Joe Harris.
Uma das garotinhas sacudiu a mão dele e disse alguma coisa em espanhol apontando para os desenhos de Demetria.
- Alicia gostou. - Joe explicou.
Demetria arrancou a folha do cavalete e sorriu para Alicia.
- Se ela ficar um pouco parada vou fazer um retrato como lembrança.
Joe traduziu a proposta e a menina abriu um grande sorriso de satisfação. Ficou quietinha, revirando de vez em quando os olhinhos, para fiscalizar o que Demetria fazia.
Quando ela terminou e lhe deu a folha de papel, Alicia e a irmã caíram na risada com o desenho. Joe olhou por cima de suas cabecinhas e também riu.
No desenho, Alicia corria ao lado de uma garça agarrada a uma de suas asas.
- Porque será que tive a impressão de que essa ave sou eu? - Harris perguntou.


Pronto.

Beijos.

3 comentários:

  1. Hahaha, coitado do Joe, a carapuça caiu muito bem!
    Adorei!
    Tava sentindo falta dos seus capítulos *-*

    Posta logo, flor,
    Beeeijos ;{*

    ResponderEliminar
  2. oi, desculpa a demora para comentar, estou adorando! Posta Logo :*

    ResponderEliminar