terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Capitulo 4 - Parte 6

Olá a todos!
Obrigada pelos comentários.

Anteriormente:

- Oi! - a irmã atendeu transbordante de alegria - Tom e eu acabamos de chegar da rua. Fomos comprar o anel. É um espetáculo! O que acha disso: escolhi uma esmeralda quadrada, emoldurada com pequenos brilhantes.
...




- Deve ser um estouro. Estou louca para ver. Aproveito para desejar a maior felicidade a vocês dois. - fez uma pausa e, antes que Camilla deslanchasse a falar, entrou no assunto: - Olhe, telefonei porque preciso falar com Joe Harris urgentemente.
- O quê? - interrompeu a irmã estridente.
- Você pode me dar o número do telefone dele?
- Meu Deus! Mas que cara de pau! - berrou Camilla.
- Não grite. Estou com uma terrível dor de cabeça.
- Bem feito, é o que você merece.
- Ouça, eu devia ir jantar com ele esta noite.
- Que está dizendo?
- Mas não vou poder ir e preciso avisar.
- Sei! - Camilla estava transtornada demais para dizer alguma coisa coerente.
- Agradecia se você me desse o número dele.
- Dane-se! - e bateu o telefone com tanta força que a dor de cabeça de Demetria piorou.
Demetria terminou a chamada. Bem, não tinha adiantado nada. E agora? Recorreria ao pai? Ele devia ter o telefone. Não, não seria boa ideia. O pai podia ficar tão zangado como Camilla por razões diferentes. A única solução seria esperar até a hora de Joe chegar. Vendo-a naquele estado saberia que não estava inventando uma desculpa.
Ás 15 para as 7, foi se olhar ao espelho com a intenção de se maquilhar um pouco para disfarçar a palidez mas decidiu ficar como estava: livida e com olheiras profundas. Pelo menos, ao vê-la, Joe Harris daria graças a Deus por ela ter desistido. Nenhum homem teria prazer em escoltar um fantasma.
Ele chegou na hora marcada e pareceu assustar-se.
- Sinto muito - falou Demetria fanhosa - Não vou puder ir. Peguei uma gripe.
- Dá para notar - disse ele sorrindo - Sua voz...parece um sapo coaxante.
- E eu me sinto assim. Desculpe.
- Não é culpa sua. A não ser que tenha se resfriado de propósito.
- Acertou. Esta manhã fui a uma loja e comprei uma gripe caprichada sob medida para mim - ironizou entre espirros.
Joe riu, os olhos pretos brilhando, brincalhões.
- Nem doente você dá folga, hein?
Olhou para ele. Vestia um terno leve e escuro que o fazia parecer mais alto e charmoso do que nunca. Sentiu-se como um trapo desbotado. Na verdade, ele estava acintosamente atraente.
- Desculpe, mas é melhor você ir andando, senão vai chegar tarde - recomendou, tentando fechar a porta.
Ele se esgueirou pela fresta, entrando no apartamento. Com ar paternal, aconselhou:
- Você precisa é de um chá de limão com uísque.
- Odeio resfriados. Me deixam pálida. - e espirrou novamente.
- É, você parece mesmo um cadáver ambulante.
- Obrigada, isso me faz sentir bem melhor. Bem, não quero prendê-lo Sr. Harris.
- Não está me prendendo. Antes, vou lhe dar uma bebida quente e esperar que se deite.
- Nada disso!
- Porquê? Tem medo de se reanimar demais?
Demetria tornou a abrir a porta:
- Peça desculpas por mim a Roberto e à esposa, está certo? Sinto realmente perder essa oportunidade de estar com "eles".
Os olhos pretos de Joe brilharam de impaciência.
- Se não estivesse gripada eu lhe daria um beijo como lição - dando um passo atrás, completou: - Mas não se assanhe, não tenho intenção de pegar um resfriado. Voltaremos a esse assunto quando você melhorar.
- Por favor - disse Demetria indicando a saída - Não se prenda por minha causa.
- Eu não me prendo por ninguém. Mas, se você não estivesse tão gripada eu poderia até reconsiderar.
Trincando os dentes, esperou que ele saísse e bateu a porta com força.
Ao voltar ao quarto, sentiu o rosto quente e ficou ainda mais furiosa por saber que isso se devia, não à febre, mas ao cinismo de Joe Harris.
Encheu uma bolsa de água quente para aquecer os pés gelados e já deitada, irritou-se por ainda estar pensando naquele homem.
Não gosto dele, disse a si mesma. Não gosto, mesmo. E se perguntou, zangada, porque precisava repetir tantas vezes a mesma coisa.

Pronto.

Comentem por favor.

Beijos.

5 comentários:

  1. Hey linda, tudo bem?
    Selinhos para você http://fixaheart-jemi.blogspot.com.br/2013/02/selos-indicacoes-novidade.html
    Parabéns pela fic maravilhosa!
    xoxo

    ResponderEliminar
  2. nova seguidora !
    ameei o capitulo, sua fic é perfeita demais. viciei aqui.
    divulga?
    http://deatherine-s2.blogspot.com.br/
    segue e comente !

    Beijinho posta logo s2

    ResponderEliminar
  3. Adorei!!!
    Muito obrigada pelos selos.
    Posta Logo!!!

    ResponderEliminar