domingo, 12 de junho de 2016

Capítulo Bónus [Capítulo 10 - Parte 6]

Olá a todos!
Obrigada pelo comentário, Amanda!

Peço desculpa pelo atraso.
Hoje também é o meu aniversário. Faço 22 anos!
Parabéns para mim!

Este é um Capítulo Bónus.
Espero que gostem.


3 anos depois

Diário de Selena Palmer Morris

Fantástico como o amor nos muda. Três anos depois, a minha vida ficou diferente. Eu e o Joe casámos e, como se pôde reparar, já não tenho como sobrenome Palmer. Sou definitivamente uma Morris! Eu e o Joe casámos dias depois do Ano Novo. Todos foram convidados, a minha prima Vanessa, a Camilla, e até o Zac, o antigo amigo do Joe. Os dois retomaram a sua amizade após tanto tempo se odiando por algo que nunca tinha acontecido: os maus tratos a Camilla. 
Confesso que não era muito ligada à Camilla após a nossa adolescência, após ela ter ido para os Estados Unidos, mas sempre soube que ela não era a vilã desse casamento dela com Zac.
Também recebemos a visita de alguém inesperado no casamento: o pai de Joe. Mas, ao chegar a solo britânico, não demorou muito tempo até ser preso. O crime por ter morto a antiga esposa, a mãe do Joe, ainda estava de pé.
O divórcio de Zac e Camilla saiu meses depois do Ano Novo. Tanto Camilla como Zac casaram no mesmo dia com Sam e Vanessa. Coincidência do destino?! Talvez.
Liliane e Jonathan continuam crescendo e tendo as suas brincadeiras. Hoje, ele tem 10 anos e ela 8. Camilla ficou grávida no ano passado. É um garotinho bonito. Igual à mãe. A Vanessa e o Zac são os padrinhos de Max (é o nome dele).
Algo engraçado, Zac e Sam continuam se detestando. Os dois nunca se deram bem. As personalidades dos dois chocam. É algo incrível, mas eles se suportam estoicamente.
Rachel Morris recebeu o perdão da filha, e ambas têm tomado bem conta da Liliane.
Quanto à Demi, coitada, graças a mim ela mantém uma relação sólida com o amigo de Joe, da empresa de computação. O Wilmer é considerado um pouco velho para ela, mas lhe dá estabilidade e é um gentleman.
O Nick...ele tentou se vingar de mim, tentou me encontrar enquanto estava em lua de mel com o Joe em Itália - curiosamente, o mesmo país onde ele viajou depois de me ter traído - mas acabou sendo descoberto pela polícia internacional. A pena dele aumentou. A Vingança dele foi pelo cano!
Bem...e quanto a mim? Continuo convivendo com a minha doença de forma saudável. Às vezes preciso de mais observação mas no geral convivo bem.
Daqui a um mês nasce uma menininha. Tenho um pouco de receio que ela sofra de esquizofrenia...como a mãe.
Curiosamente, ela vai ser a junção definitivamente das duas famílias Morris e Palmer. Embora termos sido todos criados em Verona, não éramos todos do mesmo sangue.
Enfim...termino aqui o meu diário. Não vou precisar de o escrever mais. Assim como à Camilla, vou deixá-lo.
Estou feliz, o meu marido está feliz, a minha família feliz também e tenho esperança que a minha filha também.
Talvez num futuro próximo eu volte a escrever e a reler o que escrevi por aqui... Afinal, três anos passaram e apenas vim aqui para escrever o que aconteceu nesses meus três anos atarefados.
Até breve!

Selena Palmer Morris (grávida de Clare Morris).


FIM


E esse é o fim da história A Vingança.
Espero que tenham gostado.
Obrigada a quem leu, comentou e esperou pelos capítulos.

Daqui a uns dias, eu vou fazer um post a perguntar se querem uma nova história ou se esse é o fim para o blog.

Beijos.

2 comentários:

  1. Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas,
    reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho.Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns, decerto que virei aqui mais vezes.
    Sou António Batalha.
    Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
    PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se o desejar siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.
    http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Como assim eu não tinha visto isso? Meu Deus!
    Desculpa, passei todo esse tempo sem entrar no blogger e só agora que fui visitar os blogs um por um foi que eu vi essa postagem.
    Gosto de finais assim, por meio de diários/cartas. Foi um bom final.
    Então o nome da história foi uma referência ao Nick o tempo todo? Por isso eu não esperava.
    Enfim, você não fez o post que disse que faria para perguntar sobre o destino do blog, mas eu respondo assim mesmo: claro que eu quero novas histórias, não quero que o blog termine por aqui.
    Posta logo (se assim decidir)
    Beijos!

    ResponderEliminar